domingo, 21 de setembro de 2008

Dos "Cadernos de Poesia": Michelangelo e Seus Irmãos



O amor é um belo rapaz
com os dentes estragados.
A beleza é uma dama impassível
a quem faltam os braços.
A vitória decapitada abre
as asas num convite à viagem.
Os deuses são apenas estátuas
gastas; as musas foram descartadas;
as ninfas estão fartas. E no entanto
os frios seres de pedra e bronze
e madeira e pano e pigmento
possuem num dedo minimo
(que às vezes falta) mais humanidade
que a espécie humana (intacta).
E os mortos que moldaram esses seres
possuem uma Voz que ainda se eleva
e a musculatura exata das estátuas
rumoreja; e as fontes imemoriais projetam
seus gêiseres; e os vitrais mastigam
lentamente a luz do sol, dizendo
frases que ficam pairando no ar
das alturas. E la nave va, apesar
de tudo, a Terra se move,
com os vermes roendo seu cerne,
com mortos grandes demais para
tentar salvá-la: o comando à deriva,
os passageiros de olhos vendados,
enquanto as ruínas falam mais alto.


Words by Lívia Soares
Image: Photo by Tim Walker


9 comentários:

victor lopez ruiz disse...

Muchas gracias Livia por tus halagos y por la sensibilidad artistica y personal que posees, tu si tienes talento y tienes mucho que decir y enseñarnos a todos, lastima que no domino mucho tu idioma y no capto a veces el sentido de lo que publicas, la mayoria de veces solo el literal y se que hay muchos mensajes ocultos aunque no escondidos en lo que escribes, seguiremos en contacto para compartir y concebir pensamientos.

Un fuerte abrazo

Victor

Graça Pires disse...

"E no entanto
os frios seres de pedra e bronze
e madeira e pano e pigmento
possuem num dedo minimo
(que às vezes falta) mais humanidade
que a espécie humana (intacta)."
Concordo em absoluto. Gostei do poema. Um beijo.

Mésmero disse...

Nossa, Lívia, que real seu ponto de vista, e bem agressivo.

Gostei.

Vieira Calado disse...

Cantarei, cantarás, cantaremos... até que a voz nos doa!
Bjs

mdsol disse...

Q. Lívia:

"...
enquanto as ruínas falam mais alto." Esta lucidez do seu poema não pode ser de falta de esperança. Mas, isso mesmo, lucidez do esclarecimento...
:)))

Tinta Azul disse...

Querida Lívia
Gosto mesmo da sua escrita.
Um prazer lê-la. límpidas as palavras.
Bjs

Lord of Erewhon disse...

Belo poema.

Analuka disse...

Algo na alma pulsa: algo da alma do artista sobrevive em sua obra e produto, algo de seus sonhos e aspirações, de seu sôpro e energia vital... Sigamos cultivando as sementes em nossos recônditos, desejos, pensamentos, por mais que o mundo nos pareça ressecado ou perdido. As flores ainda desabrocham na primavera! Beijos alados e luz.

日月神教-向左使 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 記憶體 情趣用品 USB Flash Drives Memory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車 花蓮民宿 SD記憶卡 高雄汽機車免留車